字型大小轉換   A    A    A   繁體中文 | 简体中文 | Português
“Devido à necessidade dos vegetais do Interior da China, transportados por via terrestre, de longa distância, se manterem frescos, adiciona-se às embalagens algum gelo e garrafas de água, para baixar a temperatura desses produtos. O transporte dos vegetais, exportados da região de origem para os locais de venda em Macau, é demorado e durante esse transporte podem ocorrer fenómenos naturais, como as perdas de água, que podem causar desvios no seu peso. Com vista a fiscalizar a pesagem destes vegetais, os trabalhadores do IACM, destacados ao Mercado Abastecedor de Macau, vão proceder a revisão, não periódica, por amostragem aleatória, dos pesos dos vegetais indicados na etiqueta, bem como os publicitar aos cidadãos, para aumentar a transparência. A recolha das amostras faz-se de acordo com o plano de amostragem definido mensalmente, procedendo-se a amostragem aleatória dos vegetais e à sua pesagem, durante o procedimento de descarga. Desconta-se o peso da caixa de embalagem e de outros produtos, à vista, que estejam dentro da caixa dos vegetais (isto é, o peso de caixas de poliestireno, cubos de gelos, garrafas de água e papéis também são descontados). No fim, o resultado calculado é o peso líquido da amostra e é determinado o erro percentual segundo a fórmula: (peso líquido da amostra – peso líquido na etiqueta) ÷ peso líquido na etiqueta x 100%”.
Resultado da rápida amostragem sobre os pesos de vegetais no Mercado Abastecedor.
Outubro de 2017
Setembro de 2017
Agosto de 2017
Última actualização : 14/11/2017
Utilize o Internet Explorer 11 e a resolução 1024*768 ou superior
Política de Privacidade | Termos de utilização | Declaração de Direitos de Autor | Declaração de isenção de responsabilidade