Concluída obra de reordenamento e equipamentos de lazer da praça da Avenida do Oceano da Taipa

  
Data de Publicação: 28/02/2017

      Com o propósito de melhorar os equipamentos de apoio da Zona de Lazer da Marginal da Taipa e disponibilizar aos cidadãos um espaço ideal para fins de lazer e desporto, o Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais (IACM) já concluíu a obra de reordenamento da praça junto à Avenida do Oceano da Taipa e dos seus equipamentos de lazer, transformando, assim, esta instalação numa extensão da Ciclovia da Avenida dos Jogos da Ásia Oriental.

      Para manter a característica de um espaço aberto, o mirante circular com bancadas, localizado no nordeste da praça da Zona de Lazer da Marginal da Taipa (junto à Avenida do Oceano), foi preservado durante a obra, com vista a proporcionar aos cidadãos uma vista panorâmica da orla marítima, através da adaptação parcial e instalação de passagens sem barreiras arquitectónicas. Para além deste trabalho, esta instalação de lazer passa a ter, na zona oeste, um novo miradouro, em forma circular, equipado com sanitários públicos, sala de guardas e local de aluguer de bicicletas. Aproveitando as características da praça circular e a altura desta construção, o próprio miradouro, dotado de duas escadas e uma passagem com declive sem barreiras arquitectónicas para facilitar o acesso dos utentes, cria, através do espaço verde instalado na sua plataforma, vários espaços para fins de lazer, estabelecendo uma ligação com a passagem superior para peões da Avenida do Oceano e o sistema pedonal circundante. 

      A praça é pavimentada com cerca de 2100 metros quadrados de calçada portuguesa de cor branca, encarnada e preta, exibindo padrões e sinais indicativos, conduzindo os utentes à ciclovia e outras instalações. Para facilitar o estacionamento de veículos, foram criados, numa área adjacente à praça, 29 lugares para automóveis e 20 lugares para motociclos.

      O IACM espera que as transformações realizadas à praça da Avenida do Oceano e aos equipamentos de lazer, em conjugação com o planeamento geral da Zona de Lazer da Marginal da Taipa e as instalações na proximidade, nomeadamente, sanitários públicos, local de aluguer de bicicletas, espaço verde na cobertura e parque de estacionamento, venham optimizar os equipamentos de apoio da existente ciclovia e pista de corridas, procurando, desta forma, satisfazer as necessidades da população no âmbito de espaços verdes de lazer e de desporto, fundamental para a criação de um lar de qualidade para todos.