IACM prossegue com optimização das instalações sem barreiras arquitectónicas

   
Data de Publicação: 16/03/2017

      O Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais (IACM) tem prestado muita atenção à optimização do ambiente pedonal das várias zonas do território, melhorando gradualmente os equipamentos sem barreiras arquitectónicas das passadeiras, bem como avaliando e aperfeiçoando constantemente o equipamento urbano. A título de exemplo, este Instituto fez recentemente visitas ao Centro Lustroso da Caritas, Centro de Apoio a Surdos e à Associação de Apoio aos Deficientes de Macau, no sentido de ouvir as suas opiniões quanto às instalações sem obstáculos arquitectónicos no mobiliário urbano.

      Para manter uma relação estreita com as associações estabelecidas em bairros, o pessoal dos Postos de Atendimento e Informação faz, por iniciativa própria, visitas mensais aos bairros, às associações e à população, a fim de prestar apoio aos serviços do IACM no estabelecimento de trabalhos relacionados com a vida da população. De modo simultâneo, organiza, regularmente e juntamente com os serviços técnicos do Instituto, reuniões com várias associações, no intuito de trocar impressões sobre assuntos de interesse comum, transformando-se, desta forma, numa ponte de ligação entre o IACM e as respectivas entidades e uma plataforma para recolha de opiniões, fundamental para aperfeiçoar os trabalhos deste Instituto. 

      O IACM encontra-se a executar sucessivamente os vários trabalhos de optimização do ambiente pedonal da Freguesia de Nossa Senhora de Fátima, nomeadamente melhoramento e abaixamento dos passeios, instalação de pavimento táctil, renovação dos postes e gradeamentos metálicos existentes. Para além deste empreendimento, será levado a cabo, de forma faseada e tendo por referência as concepções das regiões vizinhas, a optimização dos equipamentos sem barreiras arquitectónicas dos passeios nos locais com alta densidade populacional, nomeadamente a Zona Norte, iniciativa esta que irá abranger gradualmente todas as zonas de Macau. No futuro, será efectuada também a montagem gradual de lancis com desnivelamento em zonas onde os passeios oferecem as devidas condições para esse fim, com vista a estabelecer uma ligação contínua entre este equipamento e as passadeiras e cruzamentos ao redor, medida fundamental para criar um ambiente de deslocação seguro e livre de qualquer barreira arquitectónica.

      Para além da tarefa acima referida, o IACM irá rever as condições das passagens superiores para peões, de modo a proceder à adaptação daqueles que reúnem as condições necessárias para instalação de equipamentos sem obstáculos arquitectónicos. A par deste trabalho, os sanitários públicos recentemente construídos pelo IACM estão apetrechados com equipamentos adequados a pessoas portadoras de deficiência, cuja localização consta da página electrónica do Instituto e se encontra devidamente sinalizada.

      No futuro, o IACM irá prosseguir com a auscultação da opinião da população e das associações, de forma a acompanhar o desenvolvimento social, através do ajuste atempado das suas políticas e trabalhos, concretizar as políticas de reabilitação e integração, bem como continuar com a prestação de serviços cómodos aos cidadãos, criando, de mãos dadas com a população, uma sociedade inclusiva.