Obra de reconstrução e ajuste da rede de esgotos em torno da Rotunda Ouvidor Arriaga

  
Data de Publicação: 14/03/2017

      A fase das fundações do novo empreendimento do Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais (IACM), a estação elevatória de águas residuais na Rotunda Ouvidor Arriaga, na Taipa, encontra-se praticamente concluída, prevendo-se, assim, o acabamento da sua estrutura principal em finais de Junho do corrente ano. Para adaptar o sistema de drenagem circundante ao funcionamento desta construção, torna-se necessário proceder, de forma faseada, à reconstrução ou ajuste da rede de esgotos da própria Rotunda e da zona ao redor, cuja primeira fase das obras foi iniciada no dia 15 de Março. Assim sendo, solicitamos a atenção da população para as medidas de controlo do tráfego neste local durante o decorrer dos trabalhos.

      Este Instituto deu início, no último trimestre do ano de 2016, logo após a conclusão da transferência dos cabos e condutas do referido local, à colocação de estacas moldadas e procedeu à escavação e colocação de escoras, a uma profundidade de cerca de 10 metros, conseguindo, até finais de Fevereiro de 2017, concluir praticamente as obras básicas da estação elevatória, prevendo, assim, o início da construção da estrutura principal desta instalação e a montagem de equipamentos electromecânicos no período compreendido entre Março e Junho deste ano.

      A fim de conjugar com o futuro funcionamento da estação elevatória, há necessidade de reconstruir ou ajustar a rede de esgotos da zona. Atendendo a esta situação e em harmonia com a Direcção dos Serviços para os Assuntos de Tráfego, as obras em causa serão realizadas por fases, tendo a primeira fase do trabalho, que compreende a instalação de um esgoto de águas residuais, numa profundidade de cerca de 9 metros, entre a Rotunda Ouvidor Arriaga e a Avenida Olímpica, tido início no dia 15 de Março. Durante as obras, o tráfego das duas faixas de rodagem da Rotunda será controlado. Para além dessas iniciativas, será construído, na segunda fase das obras, um esgoto de águas residuais, a uma profundidade de cerca de 7 metros, entre a Avenida Olímpica e a Rua Fernão Mendes Pinto, que serão parcialmente fechadas durante os trabalhos. A terceira fase desse empreendimento abrange o ajuste do esgoto de águas residuais, localizado entre a Rua Fernão Mendes Pinto e a Avenida Olímpica, junto ao Edifício Industrial Va Nam, bem como a adaptação de outro esgoto de águas residuais na Rua Direita Carlos Eugénio. Fazem parte da última fase da obra em apreço a ligação do esgoto de águas residuais à antiga estação elevatória de águas residuais da Rua de Nam Keng, a ligação da nova estação elevatória à actual tubagem de pressão da Avenida do Coronel Mesquita, bem como a junção do esgoto de águas residuais da Avenida Dr. Sun Yat-Sem à nova estação elevatória.

Devido à complexidade da rede dos cabos e condutas desta zona e à necessidade de contar com o apoio das várias concessionárias na colocação destes equipamentos, a obra do sistema de esgotos acima referido terá um prazo de execução de sete meses, prevendo-se, desta forma, a sua conclusão no último trimestre do ano corrente. Atendendo às situações acima mencionadas, o IACM solicita a compreensão da população pelo incómodo causado durante a obra e apela aos condutores que prestem atenção às condições rodoviárias desta zona e cumpram todas as suas sinalizações provisórias.